Skip to content

Mírame

28 outubro, 2010


© Claudio Versiani

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. 28 outubro, 2010 10:37

    Eita criancada linda.

  2. Claudio Versiani permalink*
    28 outubro, 2010 10:45

    A bola já está rolando…
    Bom dia e bons olhares.
    Ab.

  3. Usha Velasco permalink
    28 outubro, 2010 18:23

    Que bonequinha! Se colocar na vitrine vende na hora…

  4. Claudio Versiani permalink*
    29 outubro, 2010 15:30

    Pois é mesmo. Essa foto faz parte de um trabalho para o Unicef da Guatemala. Exatamente para combater a adoção (compra na verdade) de crianças guatemaltecas. Por 20 mil dólares, os gringos chegavam lá, escolhiam e compravam uma criança. O processo não demorava mais de 3 meses.
    Em 2008, a legislaçõa foi mudada. Agora é muito mais complicado de se adotar uma criança na Guatemala.
    Claro que nessa história de adoção, a corrupção rolava solta. Sem falar nos sequestros e roubos de crianças. Era uma loucura! Agora está um pouco melhor ou um pouco menos pior.
    Bjo.

  5. Usha Velasco permalink
    30 outubro, 2010 11:18

    Nossa! Esse é um caso em que “é mesmo” quer dizer “é mesmo” mesmo!!!
    Muito pano pra manga nessa sua explicação, estou aqui pensando…

    O quanto a pobreza degrada a vida, degrada em desdobramentos que a gente nem imagina. Diminui o valor da vida, literalmente. Revira os valores internos das pessoas, tanto pobres quanto ricos. Abre caminho pro crime, na verdade abre avenidas pro crime. A coisa dos valores é muito grave, porque quando eles degeneram, tudo é possível. Passa a ser aceitável vender seu filho pra adoção ou pra prostituição (como acontece tanto por aqui).

    Outra coisa que me bateu foi o valor do seu trabalho. Uma coisa é dizer que na Guatemala compra-se crianças. Outra é dizer isso embaixo da foto dessa menininha linda. Claro que toda atividade profissional interfere (mais ou menos diretamente) na realidade das pessoas, mas fazer um trabalho fotográfico que comunica de imediato, e que tem possibilidade de repercutir muito diretamente, com resultados visíveis… Como diz o Arnaldo (com conhecimento de causa), não tem preço. Admiro vocês profundamente!

  6. Claudio Versiani permalink*
    30 outubro, 2010 13:29

    Usha querida, esse trabalho foi fantástico. Rodei a Guatemala em 2007 e 2008, o melhor é que as fotografias ajudaram um super trabalho do Unicef que mobilizou a sociedade e acabou obrigando o executivo e o legislativo a mudarem a lei de adoção.
    Hj é muito mais difícil de se adotar uma criança lá. Mas a Guatemala ainda é um país muito complicado. Se não estou enganado, ali é aonde mais se maltrata e se mata mulheres no mundo.
    A palavra machismo é pouco para definir o comportamento do “macho” guatemalteco.
    Covardia define um pouco mais.
    Vou colocar uma foto das fotos do trabalho, na ruas de Ciudad Guatemala.
    Gracias pelas palavras carinhosas.
    Bjo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: